Informativo 02/2014 – COBRA

info22014

Regulamentação do instrutor

Apartir de 01 de janeiro de 2015, somente os instrutores habilitados pela COBRA através do CFIJ poderão exercer as suas funções regulares;
Não será aceito habilitação de novos aeromodelistas sem a avaliação e constatação de formado pelo instrutor habilitado COBRA;
Os clubes não poderão formar instrutores, e/ou dar autonomia para seus associados, caberá aos instrutores habilitados pela cobra habilitar novos aeromodelistas nos clubes.

Renato B. Moura
Diretor Técnico – ABRA/DF

Comunicado

Prezados,

Venho comunicar que o vazamento de água que se prolongava por 2 longos meses não afetou as atividades de nossa associação. O referido vazamento, após várias solicitações feitas á CAESB, foi contido, com a resolução do problema (data de 05 de fevereiro de 2014). Para a nossa surpresa, moradores de rua dos arredores estouraram hoje – 6 de fevereiro – um cano da linha de água que passa pelo nosso terreno. Tal acontecimento afetou, agora, o abastecimento de água da associação. Já solicitamos à CAESB o atendimento para a resolução do problema. Conto a paciência e a compreensão de todos, até a resolução final dessa situação.

Att, João Assumpção

Pagamento das Mensalidades no Clube

Senhores Associados,

Por motivo de segurança, o pagamento das mensalidades deverá ser feito por meio de boleto bancário. O pagamento na guarita da pista só poderá ser efetuado através de cheque nominal à ABRA.

Os sócios que ainda não estiverem cadastrados para receber o boleto bancário por e-mail, podem fazer a solicitação de cadastramento através do endereço
metaadm10@gmail.com.

Atenciosamente,
João Assumpção

NOTA TÉCNICA

Senhores associados,

Visando sempre o bem estar de nossos associados, principalmente no tocante ao convívio durante As operações dos aviões convencionais e dos jatos, realizamos uma reunião no último domingo 28/07/2013, com o intuito de rediscutirmos a otimização do tempo dedicado a cada um dos tipos.Como é de conhecimento de todos e motivo de votação já passada, a qual já consta em nossos assentamentos, os vinte primeiros minutos corridos de cada hora são designados somente para a operação dos jatos.

Após a reunião acima, onde estavam presentes vários pilotos de todos os segmentos, ficou inalterada a quantidade de minutos destinados, entretanto, houve uma divisão mais equitativa desse tempo, onde ficou redefinido que doravante os primeiros 10 minutos, bem como dos 30 até aos 39 minutos de cada hora, serão destinados às aeronaves a reação.

Tal redefinição foi fundamentada por motivos de logística de operação das aeronaves a Jato, pois com vinte minutos corridos os pilotos dessas aeronaves só conseguiam efetuar um único voo por hora, pois o tempo restante não era suficiente para o pouso, reabastecimento, cheque e nova decolagem.

Contando sempre com espírito colaborativo, bem como o bom senso de todos os associados, torno público a presente nota a qual passa a vigorar a partir dessa data.

Brasília, DF 29 de julho de 2013.

ANTONIO HUMBERTO MENEZES BONFIM
PRESIDENTE DA ABRA/DF